Conheça os tipos de papéis e canvas utilizados na Impressão Fine Art

PHOTO RAG 308GSM

linha fosca

A definição de clássico: é o mais conhecido papel fine art de linha fosco, e também o mais amplamente utilizado. Possui todas as características que o tornam um papel indispensável aos amantes da impressão: é 100% feito de fibras de algodão, acid free e disponível em uma ampla variedade de gramaturas. Sua superfície é relativamente lisa; com uma textura leve que não interfere no detalhamento da imagem a ser impressa. Um papel de altíssima qualidade tanto para profissionais quanto para iniciantes no ramo.

MATT FIBRE 200GSM

linha fosca

Papel fosco, de resolução lisa e tom levemente aquecido (marfim), possui gramatura intermediária e assemelha-se ao Photo Rag (ainda que com uma qualidade inferior a este último). Um dos foscos de maior gamut e resolução cromática – possui a grande qualidade de não esmaecer pretos muito fechados – seu preço baixo e sua dinamicidade fazem deste papel um preferido entre os iniciantes de impressão fine art.

PHOTO RAG PEARL 310GSM

semi-brilho

Papel resinado, possui um excelente ponto de branco e um gamut amplo e vívido, ainda que não tão brilhante como o Baryta. Sua superfície perolada concede aparência do clássico papel fosco de revelação em laboratório, e sua captação de tons pastéis (do claro ao marrom) o torna especialmente preferível em imagens com consistência mais leve, como fotografia de casamentos e fotos de nude art.

FINE ART BARYTA

semi-brilho

O papel de fibra mais brilhante da linha Hahnemühle, possui superfície lustrosa e quase ‘plástica’ graças ao seu revestimento baritado. Os tons de preto nesse papel ganham uma profundidade absoluta, principalmente em contraste com brancos (há presença leve de branqueadores óticos em sua composição). Altamente indicado para retratismos e desenhos com forte presença de cor – combina especialmente bem com ilustração digital – sua gramatura é alta, concedendo ao Baryta uma boa presença manual.

BAMBOO 290 GSM

linha fosca

De composição mista (90% bambu e 10% fibras de algodão) e de superfície lisa, resguardando muito bem detalhes e texturas; segura tons aveludados e é especialmente indicado a imagens com predominância de tons quentes ou ausência de brancos absolutos (devido a ausência de branqueadores óticos), além de enriquecer contrastes de fotos P&B. Sendo feito de bambu – uma planta de crescimento rápido e detentora de recursos mais renováveis para sua produção e manutenção – este é um papel ecológico e de menor impacto natural, o que o torna ainda mais atraente.

LINHA CANVAS Hahnemühle (TELAS)

LEONARDO CANVAS 390GSM

Canvas

Este é o canvas de maior impacto visual da linha Hahnemühle – com um brilho de alto nível e um forte ponto de branco, é recomendado para trabalhos que desejam um alto impacto visual. A cobertura adicionada ao canvas é resistente a água e de alta durabilidade, não necessitando de resina acrílica após impressão – ainda que a mesma seja indicada em caso de proteção extra. A mescla de poliéster e algodão em sua composição permite uma maleabilidade á obra – sendo fácil de ser esticada sobre um chassis.

GOYA CANVAS 340GSM

Canvas

Canvas de textura média, sem branqueadores óticos e com uma leve cobertura acetinada, visivelmente menos brilhante que a do Leonard Canvas, concedendo ao material uma riqueza visual e enfatizando sua textura natural. A cobertura acetinada também implica em não necessariamente cobrir o canvas com resina após o trabalho. É indicado a trabalhos que não exigem um brilho plástico e que adequem a um material de resolução mais natural e orgânica.

Disponível em breve

©Hahnemühle Cézanne Canvas

Já disponível na Melhores Lotes

©Hahnemühle Goya Canvas